Consórcio

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) iniciou atividades em Agosto de 1997 sucedendo à Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica (JNICT).

A missão da FCT é promover continuadamente o avanço do conhecimento científico e tecnológico em Portugal, explorando oportunidades que se revelem em todos os domínios científicos e tecnológicos de atingir os mais elevados padrões internacionais de criação de conhecimento, e estimular a sua difusão e contribuição para a melhoria da educação, da saúde e do ambiente, para a qualidade de vida e o bem-estar do público em geral. A FCT é a coordenadora geral do projeto.

 

A DGE - Direção Geral da Educação tem como missão a conceção, desenvolvimento, concretização e avaliação de iniciativas mobilizadoras e integradoras no domínio do uso dos computadores, redes e Internet nas escolas e nos processos de ensino-aprendizagem, incluindo, designadamente, as seguintes áreas de intervenção: Desenvolvimento do Currículo de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) nos ensinos básico e secundário e respetiva Formação de Professores; Promoção e dinamização do uso dos computadores, de redes e da Internet nas escolas; Apetrechamento e manutenção de equipamentos de TIC nas escolas. A DGE é responsável pelo projeto SeguraNet, em ação desde 2004.

 

O IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P. resulta do processo de fusão do Instituto do Desporto de Portugal e do Instituto Português da Juventude, da dissolução da Movijovem e da extinção da Fundação para a Divulgação das Tecnologias da Informação.
Este organismo tem como missão assegurar a prossecução e agilização das políticas públicas do Desporto e da Juventude através de uma racionalização de meios e recursos que permita afetar às atividades dessas áreas o maior e mais eficaz apoio possível.

 

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) é uma instituição particular de solidariedade social de âmbito nacional que tem por missão promover e contribuir para a informação, proteção e apoio aos cidadãos vítimas de infrações penais.  

Instituição fundamental no trabalho pelo cumprimento dos direitos das vítimas de crime em Portugal, no combate à violência em Portugal, contribuindo para uma sociedade mais inclusiva e apoiando, de forma individualizada e humanizada, as vítimas de crime, as suas famílias e amigos, prestando-lhes serviços de qualidade, gratuitos e confidenciais.  

A APAV está presente no território nacional através de uma rede de 18 Gabinetes de Apoio à Vítima, que abrangem 26 localidades; três Casas de Abrigo que acolhem mulheres vítimas de violência doméstica e tráfico de seres humanos e seus filhos; um Serviço Integrado de Apoio à Distância - SIAD, que integra uma Linha de Apoio à Vítima (116 006) e o apoio online; e três redes de apoio especializado: crianças e jovens vítimas de violência sexual; familiares e amigos de vítimas de homicídio; e vítimas migrantes e de discriminação. 
 
Uma pessoa vítima de crime encontra na APAV o apoio de que necessita: emocional, prático, jurídico, social e psicológico, para que possa lidar e ultrapassar as consequências de ter sido vítima de crime. De todos os crimes. 

Para além do apoio às vítimas de crime, a APAV tem também como prioridade a prevenção e sensibilização, através da promoção de um conjunto de ações formativas e de comunicação com o objetivo de consciencializar para a não tolerância à violência. 

 

A Fundação Altice é uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos e de utilidade pública, que tem por objetivo concretizar o compromisso de intervenção social e apoio ao desenvolvimento da Portugal Telecom, no âmbito das suas responsabilidades enquanto importante agente social.

No contexto dos objetivos estratégicos da Portugal Telecom, a Sustentabilidade assume papel de relevo, assentando em três vetores chave a prossecução deste objetivo: ambiental, económico e social.

Na dimensão social, a Fundação PT surge como pilar fundamental, com enfoque prioritário nas áreas da Saúde, Educação e Acesso às Comunicações . O contributo da Fundação PT para a construção da Sociedade da Informação e acesso às Tecnologias de Informação e Comunicação concretiza-se, também, através do incentivo ao desenvolvimento das capacidades pessoais, com destaque para o apoio aos cidadãos com necessidades especiais de comunicação.

 

A Microsoft é uma das principais empresas do sector informático e tem contribuído para a promoção de uma utilização segura da Internet, desenvolvendo diversas iniciativas e parcerias com o sector público e privado no decorrer dos últimos anos. O Ministério da Educação assinou com a Microsoft um memorando de entendimento, ao abrigo do qual se têm desenvolvido acções de formação e sensibilização em TIC nas escolas, envolvendo professores e alunos.

Faça download
da aplicação