Notícias

Os três géneros da Parentalidade Digital
Os três géneros da Parentalidade Digital
15/01/2019

O acesso à Internet e as suas principais características têm colocado novos desafios e questões às famílias que procuram conectar-se, aprender e adquirir conhecimentos através dos meios digitais. De acordo com duas investigadoras sobre o Projeto “Parenting for a Digital Future” (Sonia Livingstone e Alicia Blum-Ross), os principais dilemas parentais resultam em três géneros de estilos de parentalidade digital:

 

Embracing ( Acolhimento) – No primeiro género, as famílias utilizam as tecnologias como facilitadores da sua vida familiar ou com o propósito de adquirir habilidades profissionais e académicas. Está presente uma utilização autónoma da Internet, mesmo antes de serem oferecidos recursos que os orientem à mesma.

 

Balacing (Equilíbrio) – Neste género, os pais incentivam toda a família às práticas digitais, estando conscientes dos seus riscos e oportunidades, tanto para o presente, como para o futuro, utilizando todos os meios e recursos para aperfeiçoar a sua segurança na Internet.

 

Resisting (Resistência) – No último género, as famílias tentam conter o acesso das tecnologias na sua vida familiar. Oferecem alguma resistência ao digital, ainda que seja evidente uma pressão social para a sua utilização.

 

Cada género é orientado pelos valores e questões de cada família, e que procuram transmitir futuramente para uma utilização mais segura da Internet.

 

Navegue em Segurança!

 

Fonte: https://goo.gl/8xQs5C

Faça download
da aplicação