Notícias

Quando criar um perfil nas redes sociais
Quando criar um perfil nas redes sociais
11/02/2019

Com o crescimento os jovens sentem o aumento de interesse em interagir e participar em redes sociais. Esta curiosidade surge por insistência de amigos na escola ou pela participação online dos seus familiares e pais. Face a esta situação e entre muitas questões que surgem, existe uma que se destaca relativamente à idade aconselhável para criar um perfil numa rede social.

Um estudo desenvolvido pelo Net Children Go Mobile refere que 53% dos adolescentes entre os 13 e os 14 anos possuem um perfil próprio nas redes sociais e que, depois dos 15 anos essa percentagem de utilizadores cresce para os 83%.

É frequente pais e familiares sentirem-se preocupados com questões relativas aos riscos e o momento certo para que os seus filhos acedam a redes sociais.

Se a sua escolha for atribuir-lhes essa autonomia online, considere primeiro analisar qual a rede social que ele(a) pretende criar e quais os mecanismos de privacidade que utilizam. Geralmente os menores têm preferência por plataformas que ofereçam recursos audiovisuais e gráficos como o Whatsapp, Instagram, Facebook, Youtube e Snapchat.

 

Algumas das preocupações que deverá ter em conta para evitar futuros riscos, adaptando-os à idade dos seus filhos, são:

 

- Qual o tipo de conteúdo que é recorrente ser partilhado nessa rede;

 

- Estabelecer rotinas de supervisão. Não de controlo, mas falar abertamente sobre quem os segue, o que publicaram e falar sobre a rede em si;

 

- Criar senhas seguras juntamente com os seus filhos. Poderá utilizar este momento para explicar-lhe a importância de não compartilhar essa senha com ninguém.

 

Lembre-se que as redes sociais também podem ser positivas se fizer uma boa utilização das mesmas. A preparação para tal utilização passa por promover o conhecimento sobre os riscos, os mecanismos de privacidade, e a responsabilidade em rede.

 

Navegue em Segurança!

Faça download
da aplicação